Oportunidade para Mestrado Profissional em Educação

Um de seus planos para 2019 era começar um mestrado? Há chances de você conseguir realizá-lo através do processo seletivo do curso de mestrado profissional em Educação Profissional e Tecnológica em rede nacional (ProfEPT), que está com inscrições abertas até 7 de março.

O ProfEPT é reconhecido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) do Ministério da Educação.

O curso tem como objetivo proporcionar formação em educação profissional e tecnológica, visando tanto a produção de conhecimento como o desenvolvimento de produtos, por meio da realização de pesquisas que integrem os saberes inerentes ao mundo do trabalho e ao conhecimento sistematizado pertinentes à educação profissional de nível básico ou em espaços não-formais.

Ele é ministrado na modalidade semipresencial por alguns Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia; Centros Federais de Educação Tecnológica e Colégio Pedro II. Para saber quais são eles e os horários das aulas, consulte a tabela de vagas no edital.

A seleção será realizada por meio do Exame Nacional de Acesso (ENA), que corresponde a uma prova objetiva contendo 50 questões de múltipla escolha sobre as Bases Conceituais e Históricas da Educação Profissional e Tecnológica, sobre Metodologias de Pesquisa e sobre Teorias e Práticas de Ensino e Aprendizagem (as referências bibliográficas estão no edital).

As 908 vagas disponíveis estão divididas entre Servidores da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (RFEPCT) e não servidores. Algumas instituições parceiras reservam vagas para pessoas com deficiência, pretas, pardas, indígenas, quilombolas e trans (transexual, transgênero e travesti).

inscrição é online, tem taxa de 70 reais e pode ser feita aquiEm caso de dúvidas, entre em contato através do e-mail profept@ifes.edu.br.

Comments

comments

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.