Textos para treinar caligrafia | Para alunos com dificuldades

Por Jotta Club

ATENÇÃO: Não deixe de compartilhar esse e demais artigos com os seus colegas de profissão, vamos abraçar essa campanha, um ajudando ao outro. Dessa forma seremos mais fortes e unidos por uma Educação melhor!!! Veja o link de compartilhamento abaixo do artigo…

Muitos alunos ao aprender escrever começam escrevendo com força, outros com um pouco de dificuldade em deixar todas letras paralelas.
Se o problema com a caligrafia não for resolvido cedo, irá prejudicar e muito o aluno ao restante de sua vida escolar.
A caligrafia não é uma mera atividade como qualquer uma, antes de vislumbrar alguns textos para treinar caligrafia, conheça alguns dos benefícios que lhe serão atribuídos ao pratica-la.
• Antes de mais nada, a caligrafia pode ser uma renda extra futuramente para o aluno.
• Devemos pensar grande, e se o aluno tomar gosto pela coisa? Caligrafia é um dom, uma arte como qualquer outra. Quem é calígrafo não está simplesmente escrevendo, está desenhando letras.
• A caligrafia não é somente uma atividade para fazer na prática, precisa de concentração e irá melhor de forma gradativa a coordenação motora da criança.
• Fora isso, é um bom passatempo ficar desenhando letras, deixando-as mais belas possíveis, precisando ter bastante cuidado na pressão que irá inserir em cada letra.
• Enfim, não é para qualquer um.
• Além de deixar a letra do aluno muito mais legível, dando pontos a mais a ele sobre outros alunos, irá ajudar como citado acima, a coordenação motora da criança e por fim, tal como palavras cruzadas, irá exercitar o cérebro e os músculos também.
Enfim, existe diversas dificuldades na caligrafia dos recém dominantes da escrita portuguesa, visando isso, separamos alguns textos que irão ajudar seus alunos melhorar sua caligrafia.

Todos esses textos não são de nossa autoria, apenas garimpamos a internet em busca dos mesmos.
Existe vários, escolhemos os que melhor representa a arte da caligrafia e os melhores para serem utilizados por professores do ensino infantil e quem sabe, do EJA. E lembre-se, aprender nunca é demais, supere-se e não se limite.

Comments

comments

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.