Como acolher bem professores efetivos e temporários

As férias estão chegando ao fim e já começa a bater aquela ansiedade de um novo começo de ano. Estou gestora na EMEIEF “Boa Vista do Sul, localizada em Marataízes, litoral Sul do Espírito Santo e afirmo que esse tipo de ansiedade também se abate sobre mim. Como será o novo ano letivo? Como será o meu quadro de profissionais em 2019? Quem serão os nossos novos alunos? Como estarão os alunos, que já fazem parte da família Boa Vista do Sul? Esses questionamentos costumam martelar na cabeça de qualquer gestor.

Certa vez ouvi uma diretora afirmando que uma escola é igual a uma empresa: tem que se preocupar apenas com os resultados. Tive que discordar. Quero fazer parte de uma escola humanizada. Aquela que tenha responsabilidades por cada aluno, como foi confiado a nós, e que também seja responsável por seus docentes, efetivos ou contratados, bem como por toda a equipe. Uma escola que se organize e aprenda a acolher bem a cada etapa, como forma também de sucesso do novo ano letivo.

Sabemos que muitos gestores e até professores já estão se preparando para receberem bem os seus novos alunos. E quem acolherá os professores? Tenho ciência, por experiência de 25 anos na sala de aula como professora, que as primeiras reuniões do ano letivo são sempre para o repasse das orientações e normas internas da escola, escolha de turmas pelos professores e organização do plano curricular de cada disciplina.

Às vezes, deixamos passar o poder da acolhida. Além de estar organizando a escola, para recebermos bem os nossos alunos, suas vivências e suas histórias, queremos também acolher bem o nosso quadro docente.

Entre efetivos e temporários

O professor efetivo, aquele que escolheu a vaga através de concurso público. Mesmo já sendo conhecido da escola, ele merece uma acolhida verdadeira, pois ele está ali por vontade própria e escolheu aquela instituição para atuar. Deve ser lembrado desde o início do ano o quanto ele é importante, para que possa encontrar motivações, de forma a iniciar bem o novo ano letivo.

Não podemos esquecer o professor contratado por designação temporária. Ele passa por todo um processo seletivo, através da Secretaria de Educação, e a cada ano tem a oportunidade de assumir uma escola, onde já trabalhou ou, em outros casos, totalmente desconhecida por ele. Esse professor deve receber um acolhimento de boas vindas e deve, desde o início, se sentir parte da nova equipe. Continue lendo esse artigo…

Fonte: https://gestaoescolar.org.br/

Comments

comments

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.