[ PLANEJAMENTO ESCOLAR ] Importância e significado do planejamento escolar

PLANEJAMENTO ESCOLAR Importância e significado do planejamento escolar
Tipos de planosRequisitos para o planejamento.

2 O significado e a importância do planejamento escolar: O trabalho docente é uma atividade consciente e sistemática, cujo centro está a aprendizagem ou o estudo dos alunos sob a direção do professor. A complexidade deste trabalho não está vinculada apenas à sala de aula; está também diretamente ligado a exigências sociais e à experiência de vida dos alunos.

3 O planejamento é um processo de racionalização, organização e coordenação da ação docente, articulando a atividade escolar e a problemática do contexto social.

4 O significado dessas relações na escola: os elementos do planejamento escolar – objetivos, conteúdos, métodos – estão recheados de implicações sociais, inclusive com significado político. O planejamento é uma atividade de reflexão acerca de nossas opções e ações, caso contrário ficaremos entregues aos rumos estabelecidos pelos interesses dominantes na sociedade.

5 A ação de planejar, portanto não se reduz ao simples preenchimento de formulário para controle pedagógico; deve ser uma atividade consciente de previsão das ações docentes, fundamentadas em opções político-pedagógicas, e tendo como referência permanente as situações didáticas concretas (ou seja, problemática social, econômica, política e cultural que envolve a comunidade escolar que interagem no processo de ensino).

6 Funções do planejamento: ·
. Funções do planejamento: · Assegurar a racionalização, organização e coordenação do trabalho docente, permitindo ao professor e escola um ensino de qualidade, evitando a improvisação e a rotina; · Explicitar princípios, diretrizes e procedimentos do trabalho docente que assegurem a articulação entre as tarefas da escola e as exigências do contexto social e do processo de participação democrática;

7 Funções do planejamento: – Expressar os vínculos entre o posicionamento filosófico, político-pedagógico e profissional e as ações efetivas que o professor irá realizar na sala de aula, através de objetivos, conteúdos, métodos e formas organizativas do ensino; – Assegurar a unidade e a coerência do trabalho docente, inter-relacionando: os objetivos (para que ensinar), os conteúdos (o que ensinar), os alunos (a quem ensinar), os métodos e técnicas (como ensinar) e a avaliação.

8 Funções do planejamento: – Atualizar o conteúdo do plano, aperfeiçoando-o em relação aos progressos feito no campo de conhecimentos e a experiência cotidiana; – Facilitar a preparação das aulas: selecionar o material didático em tempo hábil, saber o que professor e aluno devem executar, replanejar o trabalho frente a novas situações que parecem no decorrer das aulas.

9 Para que os planos sejam efetivamente instrumentos para ação, devem: – ser um guia de orientação; – apresentar uma ordem seqüencial; – ter objetividade; – ter coerência; – apresentar flexibilidade;

10 .Tipos de planos: Plano da instituição: é um documento mais global que expressa as ligações entre o projeto pedagógico da escola com os planos de ensino propriamente dito; Plano da disciplina (em algumas escolas, chamado plano de unidades): é um documento elaborado para um ano ou semestre, dividido por unidades seqüenciais, no qual aparecem objetivos específicos, conteúdos e encaminhamento metodológico. Plano de aula: é a previsão do desenvolvimento do conteúdo para uma aula ou conjunto de aulas e tem um caráter específico.

11 Recomendações: Os planos precisam estar vinculados à prática, por isso muitas vezes precisam ser revistos e refeitos O professor precisa ir criando e recriando sua própria didática, enriquecendo sua prática profissional e ganhando mais segurança. – O planejamento deve ser encarado também como uma oportunidade de reflexão e avaliação da sua prática.

12 Requisitos para o planejamento: Objetivos e tarefas da instituição democrática: ao planejarem o processo de ensino, a instituição e os professores devem, pois ter clareza de como o trabalho docente pode prestar um efetivo serviço à população e saber que conteúdos respondem às exigências profissionais, políticas e culturais postas por uma sociedade que ainda não alcançou a democracia plena. Exigências dos planos e programas oficiais: é dever dos governos garantir o ensino básico a todos, traçar uma política educacional, prover recursos financeiros e materiais para o funcionamento do sistema escolar, administrar e controlar as atividades escolares de modo a todas crianças e jovens receberem um ensino de qualidade. Os planos e programas oficiais refletem um núcleo comum e são a garantia de uma unidade cultural e política na nação.

13 Requisitos para o planejamento: Condições prévias para a aprendizagem: Saber as experiências, conhecimentos anteriores, habilidades e hábitos de estudo, nível de desenvolvimento é importante para a introdução de conhecimentos novos e, portanto, para o êxito da ação que se planeja. Princípios e condições de transmissão/assimilação ativa: diz respeito ao domínio dos meios e condições de orientação do processo de assimilação ativa nas aulas.

Fonte: http://slideplayer.com.br/

Compartilhar

Comments

comments

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *