Pedreiro terá salário maior do que professor em concurso público de Casa Nova

Os vereadores de Casa Nova, no norte da Bahia, aprovaram o projeto de lei do Executivo Municipal que autoriza a realização de concurso público para a criação de cargos no quadro efetivo do município. Mas um fato curioso chamou a atenção: no documento, um professor aparece com salário inferior ao de um pedreiro, cujo pré-requisito, acredita-se, é saber ler, escrever e interpretar. A polêmica tomou conta das redes sociais e muitos internautas criticaram a prefeitura.

Sobre o assunto, este Blog entrou em contato com a assessoria da administração municipal e foi informado que o valor apresentado no documento (professor R$ 1.149,40 e pedreiro R$ 1.200,00) é referente às horas que serão trabalhadas. A assessoria disse que o professor trabalhará 20 horas semanais, enquanto o pedreiro deverá ficar 40 horas no serviço. “Não é questão de desvalorização, é uma questão de horas de serviço“, frisa.

A assessoria ainda esclarece que o valor apresentado é um indicativo inicial para o número de vagas, mas que poderá aumentar. Disse ainda que a prefeitura se propõe a não colocar nenhum professor contratado na rede municipal em 2018, mas sim que sejam todos concursados. O prefeito Wilker Torres (PSB) deve sancionar o concurso já na próxima semana, e a previsão para finalização dos trâmites em torno de quatro meses.

A assessoria ainda explicou que a o projeto de lei aprovado na quarta-feira aponta inclusive para a criação de novos serviços municipais, voltados para a segurança da cidade: a criação da Guarda Municipal e a municipalização do transporte urbano. Ao total, 411 vagas foram aprovadas, com uma despesa inicial, só de salários, de quase R$ 500 mil. A lista completa, com todos os cargos e respectivos salários, pode ser conferida acessando aqui.

Fonte: http://www.carlosbritto.com/

Comments

comments

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *