Caderno de elogios é proposta de professora do RN para valorizar autoestima das crianças

No lugar de broncas, elogio. Ao invés de cadeiras fixas e lugares determinados para afastar os alunos, rodas de conversa. Menos ruído e mais diálogo. A pressão das obrigações dá lugar a meditação e práticas contemplativas. Essa é a proposta da professora Sandra Cristina da Silva Cassiano para os alunos do quinto ano do Ensino Fundamental no Centro de Educação Integrada de Maracajaú, em Maxaranguape, uma pequena comunidade pesqueira do Rio Grande do Norte.

IMG_20170306_140824216

Divulgação

Ela tem 20 anos de experiência em sala de aula, mas há 10 descobriu a importância de elogiar e valorizar a autoestima das crianças. Para isso, foi buscar inspiração na pedagogia do mestre Masaharu Taniguchi, idealizador da filosofia da Seicho No Ie, e levou para a suas aulas o caderno de elogios.

IMG_20170315_161530

Divulgação

Todos os dias tentamos usar palavras positivas e frases afirmativas. Na nossa sala, construímos um caderno de elogios e uma mala de sabedoria com livros e histórias altruístas. Nós confeccionamos o caderno com folhas de rascunho e decoramos com recortes, colagens e desenhos criativos feitos pelos alunos”, contou Sandra.

IMG_20170315_161309

Divulgação

Além disso, realiza diariamente uma rotina matinal com meditações e visualizações. Se a princípio, crianças, pais e educadores ficaram um pouco relutantes quanto a esse método, bastou conhecer os benefícios para se renderem ao poder transformador da educação emocional e afetiva. “Com a continuidade, fomos percebendo os avanços, os conflitos das crianças diminuíram e o retorno dos pais foi um sucesso. Uma mãe chegou a relatar que mudou seu modo de vida familiar. Antes de conhecer o poder das palavras através do elogio batia na filha para educar e com nossas práticas percebeu que para educar é preciso amar, orientar e direcionar”, explicou.

IMG_20170210_110512183

Divulgação

De modo geral, os alunos passaram a se concentrar mais nas atividades escolares, os laços de amizade tornaram-se mais fortes e as crianças estão preparadas para seguir um caminho em um mundo novo. Um mundo que valoriza a educação emocional como base para formar pessoas mais afetivas, humanas e focadas.

Fonte e mais detalhes: https://perfeito.guru/

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *