Os quatro estágios de aprendizagem de leitura

Os quatro estágios de aprendizagem de leitura

Apresentação em tema: “Os quatro estágios de aprendizagem de leitura”— Transcrição da apresentação:

1 Os quatro estágios de aprendizagem de leitura

2 PLANO DE AULA1) Apresentação e sistematização dos 04 estágios de leitura:1.1) Estágio da decodificação;1.2) estágio da compreensão superficial;1.3) estágio das inferências;1.4) estágio da leitura crítica.

3 1.1) Estágio da decodificação
Nessa fase, o leitor está preocupado em decodificar os símbolos e letras que se apresentam. Por isso, não há grandes preocupações com o significado das palavras e frases. Corresponderia aos primeiros anos de alfabetização. Normalmente, é o aluno que consegue ler as palavras, porém, com dificuldade e, ao final, não consegue construir sentidos acerca do que leu.

4 1.2) Estágio da compreensão superficial
O aluno já conhece com alguma autonomia o código, porém, a sua leitura ainda é superficial, presa aos sentidos literais mais básicos das palavras e dos textos. Ainda não tem maturidade nem experiência para uma leitura mais proficiente.

5 1.3) Estágio das inferências
Quando o aluno chega a essa fase, é capaz de ler com mais independência. Faz inferências, relaciona o texto lido a outros e ao contexto, cria relações intertextuais, ou seja, tem um bom domínio do texto.

6 1.4) Estágio da leitura crítica
O discente que lê com autonomia, é capaz de tecer relações entre os sentidos dos textos e outros com os quais tenha contato. Além disso, consegue posicionar-se criticamente, dar opiniões e até argumentar acerca do lido. É o chamado leitor proficiente: aquele que conseguiu atingir o estágio de Letramento, é o nível de formação ao qual o discente deve chegar ao final da sua formação básica, porém não é a realidade que presenciamos no cotidiano profissional.

7 EXEMPLOS:O leitor iniciante (a partir dos 06/07 anos): Fase da aprendizagem da leitura, na qual a criança já reconhece, com facilidade, os signos do alfabeto e reconhece a formação das sílabas simples e complexas. A imagem ainda deve predominar sobre o texto (…).O leitor em processo (a partir dos 08/09 anos): Fase em que a criança já domina com facilidade o mecanismo da leitura (…). Presença das imagens em diálogo com o texto.

8 O leitor fluente (a partir dos 10/11 anos): Fase de consolidação do domínio da leitura e da compreensão do mundo expresso na livro. A presença das imagens já não se faz necessária assim como a dos adultos. Ainda domina o maravilhoso, o mágico e o fantástico.O leitor crítico (a partir dos 11/13 anos): Fase do total domínio da leitura, da linguagem escrita; fase de desenvolvimento do pensamento reflexivo e crítico. O convívio do leitor crítico com o texto literário deve extrapolar a mera fruição de prazer ou emoção e deve provocá-lo para penetrar no mecanismo da leitura.

9 BIBLIOGRAFIACOELHO, Nelly Novaes. Literatura infantil – Teoria + Análise + Didática. São Paulo: Moderna, 2003.KATO, M. O aprendizado da Leitura. São Paulo: Martins Fontes, 1985.SMITH, Frank. Compreendendo a leitura. Uma análise Psicolinguística da leitura e do aprender a ler. 4ª ed. Porto Alegre: Artmed, 2003.______, Leitura Significativa. 3ª ed. Porto Alegre: Artmed, p. 09, 13, 118.

10 EXERCÍCIO PRÁTICO Após estudarem os temas, mote das aulas anteriores, escreva um texto sobre o que mudou na sua forma de entender os conceitos de: Texto, Linguagem, Gêneros textuais e leitura, tanto no contexto escolar quanto na vida prática.Exponha sua visão anterior e compare com os novos conceitos formados a partir das aulas ministradas.Mencione como esses conceitos podem ajudá-los em sala de aula.

Fonte e material em slide: Slide Player

Comments

comments

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *