ORIENTAÇÕES- A LINGUAGEM ATRAVÉS DAS “PLACAS”

Trabalhar com a noção de certo ou errado no que se refere à questão da ortografia, das normas gramaticais, é um exercício constante no cotidiano de todo educador.

Tal desempenho torna-se muito complexo em razão de o aluno ser social e fazer parte de uma estrutura sociolinguística que governa seu próprio comportamento, ou seja, ele é membro de uma entidade familiar dotada de usos e costumes (principalmente no que tange à linguagem).
Diante disso, o fato tornou-se motivo para que vários estudiosos ficassem preocupados com a maneira como a escola tem tratado a questão da variação linguística usada pelo aluno, pois a prioridade da mesma é fazer com que a variante dita padrão seja prioritária no ato comunicativo.

É evidente que quando se trata da linguagem escrita, a mesma exige a norma padrão, este fato não pode nunca deixar de ser notório. Mas ao tratarmos da fala, percebemos que há vários registros de variedades, fator decorrente da situação e do grau de espontaneidade que envolve os interlocutores no momento do discurso.

Voltando à noção de certo ou errado já mencionada anteriormente, analisar a linguagem das placas contendo propagandas, avisos e solicitações dispostas pela cidade é uma atitude bastante conveniente no intuito de fazer com que o aluno perceba a heterogeneidade dos fenômenos linguísticos.

Assim, suponhamos que ele se depare com um anúncio que possui os seguintes dizeres:

Manções JM

Prestadora

Servisos Gerais:

Adubasão, Plantio de Gama

Possos Artesianos

Limpesa de Chácara – servico de Trator

O primeiro passo é sugerir que ele perceba a forma multifacetada que permeia o universo da linguagem, e, dessa forma, o papel do educador é de orientá-lo na questão de que não existe um “português” certo ou errado, existem sim, uma norma padrão a ser seguida e que essa irá conduzi-lo ao êxito perante a sociedade em que está inserido.

Por Vânia Duarte
Graduada em Letras
Equipe Brasil Escola

Fonte: educador.brasilescola

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.