5 dicas para inovar o seu método de ensino

No cenário atual, o papel do professor tem sofrido notáveis mudanças. Muito além de transmitir conteúdos em sala de aula, a função de um educador também deve ser auxiliar os alunos a se desenvolverem como seres humanos estimulando suas principais habilidades, a fim de prepará-los para o futuro.

Pensando nisso, separamos a seguir 5 atitudes para inovar as suas aulas em 2016. Confira abaixo e prepare melhor os seus alunos:

1 – Estimule a curiosidade
Um dos segredos para tornar os seus alunos mais criativos é realizar atividades que estimulem a curiosidade da turma. Você pode exibir vídeos relativos à matéria ou pedir que os alunos façam uma pesquisa sobre o conteúdo estudado. Realizar atividades mais dinâmicas pode ser uma ótima forma de aumentar o interesse dos estudantes.

2 – Desperte a imaginação dos alunos
Como professor, é importante que você proponha tarefas que despertem a imaginação da turma. Você pode realizar jogos educativos com os alunos ou pedir para que eles desenvolvam algo a partir de suas próprias ideias. Trabalhos em grupo podem ser boas formas de estimular a capacidade imaginativa, tornando possível o desenvolvimento da criatividade dos estudantes.

3 – Considere a individualidade
É importante conseguir enxergar as particularidades de cada estudante. Como professor, você deve entender que podem existir vários perfis de alunos. Por isso, é necessário ser mais flexível, sabendo entender e se adaptar da melhor forma ás diferenças de cada um.

4 – Incentive a leitura
Procure estimular o hábito de leitura nos alunos mostrando a importância dessa atividade para a vida deles. É interessante que você faça com que eles busquem ler por vontade própria e não porque se sentem na obrigação. Eventualmente, você pode fazer uma roda de discussão, por exemplo, propondo que os alunos comentem sobre o seu livro favorito, indicando-o aos demais colegas.

5 – Transforme os erros em aprendizado
É interessante ter o hábito de passar um feedback frequente aos alunos, mostrando a eles os pontos positivos e negativos não só do desempenho nas provas, como também sobre o comportamento em sala de aula. Mostre o que poderia ter sido feito diferente, indicando ao estudante como ele pode transformar as suas falhas em aprendizado.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sign up to our newsletter!