Saiba como escolher o método de ensino correto que se encaixe no perfil da criança e nas expectativas dos pais

Método de ensino da escola deve se encaixar no perfil da criança e nas expectativas dos pais. Encontrar esse ajuste, porém, nem sempre é fácil

Escolher uma metodologia de ensino de acordo com as necessidades do aluno e as expectativas dos pais é importante, mas nem sempre é uma tarefa fácil. De acordo com a professora da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) e doutora em educação Evelise Portilho, é preciso que haja uma sintonia entre o aluno e a maneira com que a escola trabalha, mas essa escolha pode representar um desafio para os pais. “A maioria das escolas hoje está baseada na teoria interacionista, que é reconhecida como mais ‘moderna’, mas nem sempre funcionam tanto na prática quanto no papel”, afirma Evelise.

A pedagoga Maria Célia Aires, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), esclarece que muitas escolas sequer adotam uma única metodologia. “Elas acabam adotando o que acham de melhor em cada uma delas. O processo acaba ficando mais rico.”

Por isso, além de pesquisar como o colégio aborda o ensino no projeto pedagógico, é importante saber se esses conceitos são aplicados na prática. “A melhor coisa é fazer uma visita, pedir para conhecer o projeto pedagógico e cruzar essas informações.” Para isso, vale fazer perguntas no sentido de investigar a relação do cotidiano da sala de aula com o prometido nos documentos.

Os pais também devem cuidar para perceber se a criança se adaptou ao método adotado pela escola. “Nem sempre um bom colégio com uma proposta consistente vai atingir todo mundo. É preciso ver como o filho está quando chega em casa, como são os amigos, o que ele conta do colégio. Quando a adaptação não acontece, os pais devem pensar em trocar o filho de lugar”, diz Evelise.

Foi o que aconteceu com a química Luciana Sonchini Lozano e a filha Ana Luísa, de 7 anos. O primeiro colégio frequentado por Ana Luísa era tradicional e conteudista. Logo Luciana percebeu que ir à escola não estava fazendo bem à menina. “Ela voltava cansada, não queria falar sobre o dia e ia logo para o sofá”, conta Luciana, que passou então a procurar outras metodologias de ensino.

Depois de alguma pesquisa, a troca foi feita. “Uma amiga já tinha os filhos na escola Turmalina e eu já conhecia um pouco da metodologia Waldorf. Fiquei encantada com a simplicidade. Há um respeito com a criança, com o momento em que ela está pronta para aprender”, diz Luciana, que depois matriculou os filhos mais novos, os gêmeos Lucas e Gabriela, na mesma escola.

Ao contrário dos métodos tradicionais que valorizam o conteúdo, a proposta da metodologia Waldorf é incentivar o conhecimento aliado ao sentimento do aluno. o conteúdo é apresentado de forma artística, por meio de poesias, imagens, desenhos e histórias. “Queremos que o aluno desperte suas potencialidades e que se sinta confortável no mundo, que não é um lugar fácil”, diz a professora da Turmalina Andrea Fabiana Galvez (…) Artigo completo no link destacado abaixo.

Método de ensino da escola deve se encaixar no perfil da criança e nas expectativas dos pais

Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/

Comments

comments

1 Resultado

  1. reisilda lago de oliveira disse:

    ola, concordo a metodoligia deve está bem proximo da realidade do aluno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sign up to our newsletter!