Governo federal oferece curso de língua portuguesa a refugiados

Parceria entre o Ministério da Educação, Ministério da Justiça e Prefeitura de São Paulo ofertará 200 vagas para cursos de língua portuguesa dirigidos a imigrantes e refugiados por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Serão organizadas até sete turmas voltadas para o aprendizado da língua e cultura brasileiras. São Paulo será a primeira cidade a iniciar turmas.

A  iniciativa foi organizada pelo Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC e Secretaria Municipal de Direitos Humanos de São Paulo.

Para participar, os imigrantes e refugiados deverão buscar o Centro de Referência e Acolhida para Imigrantes (Crai), no bairro da Bela Vista (Rua Japurá, 234), entre os dias 3 e 12 de dezembro. As aulas ocorrerão no período de fevereiro a maio de 2016, no horário noturno, em escolas da rede municipal em diferentes bairros. Nesta etapa a oferta é de cursos de nível português básico.

Assessoria de Comunicação do Ministério da Justiça

Fonte: http://portal.mec.gov.br/

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *