[ DOWNLOAD ]- MARCO CONCEITUAL DO PROJETO A COR DA CULTURA

POR WÂNIA SANT’ANNA

Desafio, esta é a melhor expressão para definir a responsabilidade de elaborar um marco conceitual capaz de orientar as inúmeras iniciativas – de produção áudio-visual, recursos pedagógicos à capacitação de professores – que compõem o projeto a “A Cor da Cultura”. Esse desafio se torna ainda mais expressivo quando nos dispomos a sugerir um marco conceitual para a história do negro Brasil. Em cinco séculos de história, a experiência de africanos e de seus descendentes foi sendo consolidada nos mais diversos aspectos da sociedade brasileira. Genericamente, a alusão à influência africana na cultura brasileira é sempre ressaltada como uma das mais sólidas demonstrações do quanto seria impossível falar de cultura brasileira sem mencionar as matrizes africanas que a compõe. Nessas situações genéricas, as alusões giram, tipicamente, em torno da contribuição da cultura africana na música, na língua falada e escrita, na culinária, nas festas populares celebradas desde os tempos coloniais, linguagem corporal e, especialmente, a existência das religiões de matriz africana. Sem dúvida, essas contribuições constituem uma sólida verdade, sendo não só citada como detalhadamente estudada há várias gerações. No entanto, para além dessas referências muitas outras, igualmente integrantes da cultura nacional, receberam a influência da larga presença numérica de afro-descendente no Brasil, como também, experiência singular da escravidão que esse grupo experimentou por mais de 350 anos.

DOWNLOAD

MARCO CONCEITUAL DO PROJETO A COR DA CULTURA

Fonte: http://www.acordacultura.org.br/oprojeto

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sign up to our newsletter!