Cristovam Buarque protesta contra repressão a professores

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF), manifestou hoje (29) indignação com a atitude da Polícia Militar do Distrito Federal, que espancou professores que faziam manifestação nesta quarta-feira (28), interrompendo o trânsito.

Para o senador, foi um absurdo ver professores serem retirados de seus carros, espancados e levados a delegacia.

– Há maneiras mais civilizadas de liberar o trânsito de manifestações – disse.

O senador espera que o governador Rodrigo Rollemberg se desculpe pelo fato e acrescentou que governo nenhum pode bater em professor.

– Quero manifestar aqui a minha profunda indignação, porque bater em professor é bater no futuro do País. E é absolutamente perfeita a metáfora de que um país que bate em professor bate no seu futuro, até porque se dá um péssimo exemplo para as crianças, que tomam conhecimento de que aqueles que estão ali, sendo espancados, presos, levados em carros da polícia, ficando em delegacia, aqueles são seus professores – afirmou.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sign up to our newsletter!