ESCOLA/CLASSE REGULAR x ESCOLA/CLASSE HOSPITALAR: DIALOGOS?

O arquivo que você terá acesso é de autoria de Tyara Carvalho de Oliveira e foi disponibilizado para download no site da Secretaria Municipal de Educação de Salvador. O link está destacado mais abaixo.

Este texto tem como objetivo pontuar questões consideradas relevantes sobre as possíveis articulações entre a pratica pedagógica em classes hospitalares e a escola/regular onde a criança está matriculada. Parte-se do pressuposto de que embora haja um certo desconhecimento sobre essa modalidade da Educação Especial denominada de Classe Hospitalar, varias políticas publicas afirmativas sobre inclusão foram elaboradas, contemplando-a. Daí decorrem algumas formulações teórico-metodológicas. Porem observa-se uma lacuna em termos de estudos que se ocupem com a explicitação das interfaces entre a prática pedagógica escolar e o trabalho pedagógico em ambiente hospitalar. Estudos sobre a validade do atendimento da classe hospitalar (Fonseca, 1996; Fonseca e Ceccim, 1999) mostram não só os benefícios para o desenvolvimento e aprendizagem das crianças como também na diminuição do tempo de internação hospitalar. Outro fator que contribui para essa validade e a possibilidade de se detectar dentre as crianças que freqüentam a classe hospitalar aquelas que apesar de estarem em idade escolar, já abandonaram ou nunca foram à escola regular.(…)

OPÇÃO PARA DOWLOAD DO MATERIAL COMPLETO

Fonte:  Secretaria de Educação do Estado da Bahia

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.