A escola não nos prepara para o mundo real

As discrepâncias existentes entre o mundo acadêmico e o mundo real.

Vivemos em um mundo repleto de pessoas diferentes, cada uma com suas especificidades e peculiaridades, o que lhes faz únicas. Diariamente as pessoas mostram mais de si mesmas, perdendo o medo do julgamento da sociedade, reafirmando a ideia de que são seres únicos, e não mais um produto padronizado e sem expressão, limitados ao senso comum.

Estabelecemos ícones, e admiramos aqueles que transcendem o trivial e nos trazem revolução, em suas palavras, idéias e atitudes. Pessoas que criam novas tendências, hábitos e impactam a vida de outras pessoas. Indivíduos ousados, e que não tem medo de sair do padrão. Pessoas como Bill Gates, Mark Zuckerberg e Steve Jobs.

Atualmente, não mais aceitamos qualquer coisa e sabemos que é possível ter aquilo que desejamos e que melhor preenche nossas necessidades. Com o advento da internet e o avanço da tecnologia, podemos consumir aquilo que realmente gostamos, e não mais aquilo que anteriormente nos era imposto. Não estamos mais limitados a seguir o padrão. Esse é o traço marcante da Era da Informação.

Entretanto, curiosamente, apesar de todo avanço tecnológico, e da revolução que tivemos em nosso cotidiano, ainda estamos condicionados a seguir um modelo educacional secular. Modelo este que não reflete as necessidades e a realidade do século XXI. Isto, pois é fruto da Era Industrial, na qual as pessoas possuíam pouco, ou talvez, nenhum controle de suas vidas, estando sempre condicionadas a seguir um roteiro. (…)

A escola não nos prepara para o mundo real

Fonte: http://www.debatesculturais.com.br/

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sign up to our newsletter!