PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS, LINGÜÍSTICA TEXTUAL E ENSINO DE LÍNGUAS

O que preconizam os PCNs em termos do ensino de Língua Portuguesa?
O ensino de L.P. deve ter como objeto central o texto:
“Se o objetivo é que o aluno aprenda a produzir e interpretar textos, não é
possível tomar como unidade básica de ensino nem a letra, nem a sílaba, nem a palavra,
nem a frase que, descontextualizadas, pouco têm a ver com a competência discursiva, que é
a questão central. Dentro desse marco, a unidade básica de ensino só pode ser o texto.
Priorizar o texto não significa que não se enfoquem palavras ou frases na situações
didáticas específicas que o exijam”
.Se assim é, o professor precisa de subsídios que lhe permitam trabalhar com o texto
em sala de aula de maneira não intuitiva. E estes lhe serão, em grande parte, fornecidos pela
L.T. Evidentemente, os PCNs traçam as diretrizes gerais para tanto, mas não lhes caberia ir
a fundo nessas questões que tanto angustiam os professores de português.

PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS, LINGÜÍSTICA TEXTUAL

Comments

comments

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *